Pine 64 – Começaram a sair os Reviews

Pine 64 – Começaram a sair os Reviews

Pine 64

É isso mesmo meu amigo, a Pine 64 já está chegando a porta das pessoas de todo o mundo. A minha mesmo está parada no buraco negro de Curitiba, e sabe-se lá quando eles vão liberar.

Logo que tiver a minha em mãos, vou fazer um vídeo review, mas, surfando nessa nave louca que se chama BBB interwebs, já começaram a sair os primeiros reviews.

Eu nem ia trazer esse assunto a tona, a não ser por um motivo: O Review foi extremamente negativo. Me chamou a atenção. Gostei do assunto e resolvi compartilhar.

Encontrei o Review da Pine 64 no Hackaday, no final do artigo fica o link para você ver no Original.

Review Pine 64

Pine 64-1

“Esta é uma avaliação abrangente da Pine 64, modelo mais barato. Com um 1.2 GHz Allwinner A64, 512MB de RAM, Ethernet, HDMI e duas portas USB.  Gostaria de mencionar o layout da Pine 64. É enorme, mais precisamente 127 milímetros x 79 milímetros. Isto é significativamente maior do que a atual safra de Raspberry Pi e o ODROID C2.”

“Em relação a Pine específico enviado para mim, a placa em si é  dobrado ao meio, com uma diferença visível entre a placa e o espaçador das pin headers. É difícil de fotografar, mas você pode vê-lo claramente. A placa funciona, mas eu estou surpreso que ela funcione”

Pine 64-2

“Depois de ter feito o download da imagem, você poderia esperar gravar uma imagem para um cartão microSD  exatamente igual a uma Raspberry Pi ou qualquer outro Linux Embarcado – usando Win32DiskImager ou dd. Isso não é verdade para todas as distribuições. De acordo com o wiki e fóruns Pine, o software recomendado para gravar a imagem para um cartão SD é PhoenixCard, um pedaço de software desenvolvido pela Allwinner que grava imagens. Pode começar com uma interface do usuário chinesa, e de acordo com membro da comunidade [Michael Larson] funciona um em cada quinze vezes.

Com uma maneira pouco confiante para escrever uma imagem de software para o cartão SD, você pensaria que a inicialização do Pine 64 seria fácil. Nem tanto. No momento da redação deste texto (e com várias tentativas), várias das imagens de distribuição simplesmente não funcionam. A distro Android não bootou na minha placa, a distribuição Arch não funcionou. A imagem do Ubuntu deu trabalho.

A experiência Ubuntu foi extremamente lenta na Pine 64 e eu sofri várias reinicializações. Como frisado anteriormente, testei todas as distribuições de software no wiki Pine 64 . Apenas a distribuição Ubuntu funcionou e funcionou mal, e agora considero o Pine 64 um desperdício de US $ 15. Isto irá mudar em um futuro próximo, e terei prazer em escrever um novo comentário quando eu puder inicializar a Pine.”

Bom, aí ele dá algumas explicações e etc…

Parece que essa plaquinha vai decepcionar muita gente, inclusive a mim, que tava esperando um Embarcado furioso (já que comprei a de 2gb de ram)!

Não é dessa vez que uma empresa vai tirar o trono das Odroids.

Para você acompanhar o axincalhamento completo, é só clicar AQUI!

Que tal nos encontrar no SeuTubo para ver dicas, tutoriais e Reviews de placas? Canal Sistemas Embarcados

Que tal na página do Facebook?

Ou Instagram?

Quem sabe Google Plus?

Conheça também nossos grupos do Facebook:

Forte abraço e até o próximo embarcado.

 

Related Post