Overclock na Raspberry Pi 3

Overclock na Raspberry Pi 3

Overclock Raspberry Pi 3

Rapaaaaz, mal saiu a Raspberry Pi 3 e não faltam retardados, iguaizinhos a mim, para ver o processador fritando. Não sei se todos sabem, mas já fritei o processador de muita Raspberry Pi 2. Procura aí nas Interwebs e você vai entender o porque. Também já fritei muito processador ARM de celular. Geralmente meus celulares são tudo overclockado, tenho uma pilha de 5 celulares ali na minha bancada que não funcionam mais com o processador levemente chamuscado… hehehehehehe…

Antes de mais nada, te convido a fazer um Overclock na sua Raspberry Pi 2 pra já ir entrando no clima, é só clicar nesse tutorial AQUI! Ou ver direto o artigo abaixo.

Tutorial – Super Overclock na Raspberry Pi 2

Hey Hey Crianços, estou aqui novamente, dessa vez para destruir sua plaquinha e tocar fogo na sua casa… Isso mesmo, vamos esquentar sua Rasp 2! Raspberry explodindo de alegria! Dá uma olhada no meu vídeo Tutorial: Para fazer o overclock, não esqueça de usar um dissipador. Se você tiver usando o Overclock original, …

Enfim, mas vamos ao que interessa.

Um tal de JakenHack mal meteu suas patinhas sujas na plaquinha e qual a primeira coisa que alguém normal faz? Óbvio, põe o processador pra trabalhar acima do limite. Esse relato peguei do Hackaday e traduzi, no final do artigo fica o link para ver o site do cara (vale a pena, tem todos os códigos que ele usou!).

Overclock Raspberry Pi 3-2

O Overclock

“Algumas pessoas nunca estão felizes. Jackenhack pegou um par de novos Raspberry Pi 3, e a primeira coisa que ele fez foi começar overclocka-los . Felizmente, ele sabe o que está fazendo, afinal, ele não fez sair a fumaça mágica, mas parece que nem todos Pis estão felizes com o processo.

Jack acrescentou dissipadores de calor para empurrar o CPU do 1.2GHz nativa até 1.45GHz. Isso fez envolver um pouco de overvolting (aumentar a tensão para a CPU), mas que pode ser facilmente feita em software. Ele também adicionou dissipadores para a memória, em seguida, aumentou a velocidade da memória para aumentar o rendimento. Mais uma vez, ele foi capaz de fazer alguns ganhos impressionantes, batendo a velocidade a partir do nativo de 400 Mhz para 500 Mhz. Ambos esses são overclocks estáveis: ele foi capaz de executar o sistema em carga de CPU de 100% por um tempo prolongado.

No entanto, quando ele tentou o mesmo overclock com o segundo Raspberry Pi 3 falhou devido a um superaquecimento da CPU. Assim, parece que há uma grande variação nos bits individuais de silício sobre o Pi 3.”

Para quem quer conhecer o processo inteiro do maluco é só acessar o site do infeliz clicando AQUI! Recomendo, tem um bocado de coisas legais que o cara já fez.

 

Que tal nos encontrar no SeuTubo para ver dicas, tutoriais e Reviews de placas? Canal Sistemas Embarcados

Que tal na página do Facebook?

 

Ou Instagram?

 

Quem sabe Google Plus?

 

Que tal no Pinterest?

 

Ou talvez nos encontrar no Twitter para receber as ultimas noticias quentinhas: @SEmbarcados

 

E não esqueça que também tem o email, [email protected]

Conheça também nossos grupos do Facebook:

 

Beijunda e até o próximo embarcado!

Related Post