Benchmark da nova Raspberry Pi 3 B

Benchmark da nova Raspberry Pi 3 B

SOCspec

Quase tudo já foi se falado nas interwebs sobre a nova Raspberry Pi 3 B, o novo Soc de 64 bits, seus novos componentes, sua cor, suas novas trilhas, seu cheiro, o que o Boss tava pensando quando imaginou, o peido do engenheiro escondido no elevador e por aí vai. Informações não faltaram. Porém, a MagPi desse mês soltou o Benchmark, e pra falar a verdade o resultado me impressionou.

Para quem não sabe, sou recordista mundial de Overclock na Raspberry Pi 2, é só vocês procurarem aí no Oráculo que vão encontrar, “Um insano overclock na Raspberry Pi 2”, procura aí mandrião. Mas essa plaquinha me deu vontade de por minhas patinhas sujas e fazer esse processador fritar. Fritar como se não houvesse amanhã. Deve ser divertido sentir o cheiro de queimado de um 64 bits. Mas enfim, não estou aqui para falar disso. Estou aqui para falar dos testes lá que os caras fizeram, comparando todos os modelos de suas placas. Na verdade os modelos antigos me chamaram mais a atenção que o novo… hahahahahaha. Mas ta todo mundo querendo saber do milagre. Então vamos soltar as fotos.

SYSBENCH CPU – Menor é melhor

Sysbench

Já era meio que esperado esse gráfico na parte da Pi 2 para Pi 3 de Single-Threaded e Multi-Threaded, mas eu nunca estou aqui pra falar o óbvio… huaehuahuehauehuae olha a A+ e a Zero dando um baile em Single-Threaded na B+. Deixa eu segurar meu riso aqui… Ouve até um ganho considerável. haeuhauehuahehauehauhe…

PYTHON GPIO – Maior é melhor

PythonGPIO

Olha aí, olha aí… hauehuaheuahuehae tomando taco novamente… Mas, voltando ao assunto, aqui sim a diferença foi uma coisa gritante, parece que os 64 bits conseguiram fazer a mudança de pinos numa velocidade muito superior as outras placas. Os adoradores de Python pira.

QUAKE III ARENA TIMEDENO – Maior é melhor.

QuakeIII

Juro que eu parei de falar nas outras placas, aqui foi aplicado o Jogo Quake em Full HD, trilinear em 32 bits. Não houve tanta diferença assim da Pi 2 para Pi 3 por ambos rodarem em 32 bits, mesmo assim, a diferença do clock fez com que a Pi 3 levasse 13 pontos a mais.

WHETSTONE (MWIPS) – Maior é melhor

Whetstone

Aqui foi testado o ponto flutuante, o que mostra uma evolução e tanto da Pi 3. Um ganho e tanto. kkkkk a B+…

DHRYSTONE (MIPS) – Maior é melhor

Dhrystone

No que o WHETSTONE é calculado o ponto flutuante, esse é Benchmark serve para medir o número inteiro. Mais uma vez a Raspberry Pi 3 se saiu muito bem… e a Raspberry Zero também.

POWER DRAW – Menos é melhor

Powerdraw

Uma coisa meio óbvia, se você tiver mais motor, vai gastar mais combustível, o mesmo se aplica as placas, se tem mais hardware vai gastar mais energia. Já esperado esse gráfico.

Eu juro que não sei se a Rapaziada da Raspberry foram tendenciosa nesses dados, mas me fizeram dar boas risadas. Talvez eles estejam tirando a B+ de linha e esculacharam a placa. Enfim, só medindo na prática para saber se o que eles falam é verdade.

Para você saber melhor desses dados é só clicar AQUI!

Se você tava em Marte e não sabe o que tá acontecendo então fica esses links para você conferir:

Nova Raspberry Pi 3

Nova Raspberry Pi 3 já esta a venda

Que tal nos encontrar no SeuTubo para ver dicas, tutoriais e Reviews de placas? Canal Sistemas Embarcados

Que tal na página do Facebook?

Ou Instagram?

Quem sabe Google Plus?

Que tal no Pinterest?

Ou talvez nos encontrar no Twitter para receber as ultimas noticias quentinhas: @SEmbarcados

E não esqueça que também tem o email, [email protected]

Conheça também nossos grupos do Facebook:

Abraços e até o próximo embarcado!

Related Post